MÉDICA MORRE CARBONIZADA EM ACIDENTE NA CIDADE DE CAMBARÁ
Faça sua Busca
Pesquisa de preços de Supermercados e Postos de Combustíveis atualizada em 24/07/2014.
  • MÉDICA MORRE CARBONIZADA EM ACIDENTE NA CIDADE DE CAMBARÁ

  •    Postado em 25/05/2011 às 19:53:11

  •    Fotógrafo:

  •    Fonte: da reportagem

  •      
Um grave acidente ocorrido no início da noite desta terça-feira, 24, tirou a vida da psicóloga Cleuza Maria da Silva. O desastre aconteceu pouco depois das 19hrs, na rodovia BR 369 na altura do acesso da estrada que liga a via ao Colégio Agrícola de Cambará. Segundo informações de populares que presenciaram o ocorrido, Cleuza teria cruzado a rodovia e foi acolhida por um caminhão conduzido por Antonio Carlos Dutra que seguia na mesma direção (Cambará/Ourinhos). O carro da médica foi arrastado por cerca de 200 metros e, com a violência do impacto, resultou numa grande explosão e foi consumido pelo fogo. A médica ficou presa nas ferragens e morreu carbonizada. O motorista do caminhão foi encaminhado ao pronto socorro de Cambará com ferimentos moderados. Segundo informações da plantonista, não corre risco de morte. As causas do acidente são desconhecidas, no entanto, há quem atribua à falta de iluminação no trecho e, também a ausência de sinalização como um dos fatores de risco para o local. “Tendo em vista, que se trata de um acesso a uma instituição de ensino, deveria ter sinalização ou quem sabe um redutor de velocidade no perímetro” contou uma estudante. “É muito perigoso cruzar a rodovia no período da noite, se algo não for feito rápido mais acidentes desta natureza vão acontecer” acrescentou a estudante. Dra. Cleuza, como era conhecida, prestava serviço de forma voluntária no colégio, mantinha consultório bem montado em Cambará, atuou na Caixa Econômica Federal e assinava uma coluna no Jornal Circulandoaqui, que também era publicada em nossa página na web num blog intitulado Presença Terapêutica. Ela tinha 49 anos, era casada com Hélio Fantinelli e deixa 3 filhos. Estudantes anunciam manifesto em prol de melhoria das condições de acesso ao colégio, para evitar que outras tragédias aconteçam. Iniciativa é apoiada pela Câmara Municipal de Vereadores de Cambará. Seu corpo foi velado no velório municipal de Cambará. O sepultamento ocorreu as 16 horas desta quarta feira, 25/05, no cemitério Municipal.

FONTE E FOTOS: CIRCULANDO AQUI


Foto

Foto

Foto

Foto

Foto
REPÓRTER NA RUA - © 2010-2013. Todos os direitos reservados