DOIS MORTOS E DOIS FERIDOS EM DIA SANGRENTO EM CARLÓPOLIS
Faça sua Busca
Pesquisa de preços em Supermercados foi atualizada em 17/07/2014. Atendendo a pedidos, foram acrescidos vários itens.
  • DOIS MORTOS E DOIS FERIDOS EM DIA SANGRENTO EM CARLÓPOLIS

  •    Postado em 15/08/2011 às 03:56:31

  •    Fotógrafo: da reportagem

  •    Fonte: NPDIARIO.COM

  •      
A tarde de domingo, 14, Dia dos Pais, foi marcada por um drama em Carlópolis, que acabou vitimando Valdeci Miranda, 43 anos, casado, pai de dois filhos, funcionário da Cacique Materiais para Construção.

Segundo populares, João Leite, de pouco mais de 60 anos, que sofria de esquizofrenia,era caseiro de um sítio e, por volta das 16 horas, atingiu Miranda com dois tiros, que acabou tirando a sua vida. Após o fato e com a chegada da polícia, Leite começou a efetuar disparos para todos os lados impossibilitando a chegada de qualquer pessoa nas proximidades de sua residência,na propriedade rural, localizada próximo da rodovia que liga Carlópolis a Ribeirão Claro. Durante a tentativa de abordagem policial o soldado João Carlos estava atrás de uma árvore.Segundo contou ao npdiario o tenente coronel Airton Diniz, comandante do 20. BPM de Jacarezinho, num deslize o soldado acabou sendo atingido por um disparo que acertou a região inguinal, transfixando e alojando-se no glúteo. Também o delegado da polícia civil de Carlópolis, Fátimo Siqueira foi atingido por um tiro de raspão na cabeça.Apesar de sofrer um leve afundamento, o projétil não penetrou na testa do policial. No final da tarde/começo da noite, PMs de Cambará, Joaquim Távora e Ribeirão Claro, além da Rotam, cercaram o local(fotos). Como o doente não permitiu negociação e não parava de atirar, eles invadiram o local onde Leite se encontrava e após troca de tiros, mataram o atirador com uma bala no meio dos olhos. O Soldado João Carlos foi encaminhado para a Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho, onde passou por cirurgia para remoção do projétil nesse momento.Fátimo está no Hospital São José de Carlópolis e não corre risco de morte. A Secretária Municipal de Saúde, Maria de Lourdes Lopes Marques, convocou toda a equipe de atendimento para o Pronto Atendimento Municipal, acompanhados inclusive das ambulâncias da cidade e mais uma de Joaquim Távora para prestar todo o atendimento necessário às vítimas. Até o momento, não se sabe o motivo que levou João Leite a cometer tais atrocidades, mas a reportagem apurou que ele tinha um histórico pessoal de brigas. Valdeci era muito querido na cidade e seu corpo será sepultado no final da tarde desta segunda-feira, dia 15, no cemitério de Carlópolis.

FONTE: NPDIARIO.COM
(Colaboraram Marcelo Rossi, Emannuele, Juninho Queiroz e César Silva).


Foto

Foto

Foto

Foto
REPÓRTER NA RUA - © 2010-2013. Todos os direitos reservados