População não deve abandonar animais de qualquer tipo no Lago do Centenário.

Assessoria 15/12/2021 - 19:21:37 Diversos

A Prefeitura de Ourinhos, por meio do setor de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, pede aos munícipes que não realizem o abandono de animais de quaisquer espécies nas proximidades do Lago do Centenário. A prática, além de configurar um crime, também pode prejudicar o próprio animal e os que já vivem na região.

CUIDADO E RESPONSABILIDADE
Pense bastantes antes de adquirir ou adotar um pato ou qualquer outra ave para sua casa, pois o Lago não é um local pra deixá-lo em caso de falta de adaptação.

Continua depois da Publicidade

Os patos necessitam de um espaço adequado e de estruturas que os protejam das mudanças climáticas e do ataque de outros animais. Filhotes de patos necessitam de um recinto quente e não podem entrar em contato com a água por dois meses.

PERIGOS PARA TODOS
O Parque do Centenário não é um zoológico e não suporta a introdução de vários animais. As espécies podem competir com as nativas por espaço e alimentação, de maneira desleal. Animais domésticos podem carregar ou vir a ter várias doenças, que poderão ser transmitidas a animais silvestres que ali habitam e para os humanos que frequentam o espaço. A superpopulação de aves aumenta a eutrofização da água, com fezes que vão parar no corpo d´água

É importante lembrar ainda que o local é cortado por uma via de tráfego intenso, que funciona como um dos principais acessos ao município. Mesmo com dispositivos e sinalização de trânsito, ocorrem acidentes pois os animais saem instintivamente em busca de alimento em outras partes da região.

Abandono de animais é um risco para a saúde pública e crime, não incentive essa ação.

Publicidade

Mais Acessadas da Semana

Parceiros